Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Elegeram o mês de Setembro como o mês de Prevenção ao Suicídio

Olá 😊
Hoje venho vos falar de algo que me aflige muito...algo que me aflige falar, que me aflige recordar . Falo do suicídio 😟 Elegeram o mês de Setembro como o mês de prevenção ao suicídio


Aflige me muito porque, ao contrário da maior parte das pessoas, eu não acho que quem se suicida é fraco ou cobarde...acho que para chegar a essa situação, é preciso estar muito desesperado de sofrimento !
Na época em que me foi diagnosticada a minha depressão, eu já ia na fase de ter pensamentos suicidas, a minha sorte foi que a minha mãe e a médica de família,estavam atentas a mim, à tristeza extrema que o meu rosto mostrava...acabei por confessar à minha mãe que estava a ter esses pensamentos e que tinha receio de ceder a "eles". Não esperámos nem mais 1 minuto e fomos à urgência, ainda fomos a tempo mas tenho noção que muitos nem sequer têem com quem falar ,muitas vezes com medo de represálias !!! Sim, porque as pessoas incultas, apelidam nos logo de malucos, e ninguém quer "viver" com esse estigma .


Há muitos sinais que nos ajudam a identificar os sintomas de uma depressão, deixo vos alguns deles : 

1 -  Mostrar tristeza excessiva e isolamento

  • Estar frequentemente triste e sem vontade para participar em actividades com os amigos ou fazer o que se fazia antigamente. Normalmente, a pessoa não consegue identificar que está com depressão e acha apenas que não está a ser capaz de lidar com as outras pessoas ou com o trabalho, o que, ao longo do tempo, acaba deixando a pessoa desanimada e sem vontade para viver.
    2 -  Sofrer alterações de comportamento ou visual

    • Uma pessoa com ideias suicidas pode comportar-se de forma diferente do habitual, falando de forma diferente, deixando de conseguir entender o humor de uma conversa ou, até, participando em actividades de risco como utilizar drogas, ter sexo desprotegido ou conduzir a grande velocidade. Além disso, como na maioria das vezes já não existe interesse pela vida, é comum que deixe de dar atenção à forma como se veste ou se cuida, utilizando roupa velha, suja ou deixando crescer o cabelo e a barba.
    3 -  Tratar de assuntos pendentes

    • Quando alguém está a pensar cometer suicídio é comum começar a fazer várias tarefas para tentar organizar a sua vida e terminar assuntos pendentes, como se fosse viajar ou viver para outro país. Alguns exemplos são : visitar familiares que já não vê há muito tempo, pagar pequenas dívidas ou oferecer vários objectos pessoais, por exemplo. Em muitos casos, também é possível que a pessoa passe muito tempo a escrever, o que pode ser um testamento ou até uma carta de despedida. Por vezes, estas cartas podem ser descobertas antes da tentativa de suicídio, ajudando a evitar que aconteça.
    4 -  Demonstrar calma repentina

    • Demonstrar um comportamento calmo e despreocupado depois de um período de grande tristeza, depressão ou ansiedade pode ser um sinal de que a pessoa está a pensar no suicídio. Isso acontece porque a pessoa pensa ter encontrado a solução para o seu problema, deixando de se sentir tão preocupada ( a pessoa já não é capaz de identificar outras soluções para a crise emocional que está a passar ). Muitas vezes, estes períodos de calma podem ser interpretados pelos familiares como a fase de recuperação da depressão, por exemplo, e, por isso, podem ser difíceis de identificar, devendo ser sempre avaliados por um psicólogo, para garantir que não existem ideias suicidas.
    5 -   Fazer ameaças de suicídio

    • A maior parte das pessoas que pensam em suicídio irão informar um amigo ou familiar das suas intenções. Embora esse comportamento, muitas vezes, seja visto como uma forma de chamar a atenção, nunca deve ser ignorado, especialmente se a pessoa está a viver uma fase de depressão ou de grandes alterações na sua vida.

    *** As tentativas de suicídio são, na maioria das vezes, impulsivas e, por isso, para prevenir uma tentativa de suicídio também se deve retirar todo o material que possa ser utilizado para se suicidar, como armas, comprimidos ou facas, dos locais onde essa pessoa passa mais tempo. Isto evita comportamentos de impulsividade, fazendo com que se tenha mais tempo para pensar numa solução menos agressiva para os problemas.

    Por tudo isto e muito mais,peço vos, estejam atentos aos vossos familiares, aos vossos amigos, percam um pouco do vosso tempo com eles, quem sabe, até ajudam a evitar os números estrondosos da taxa de suicídio...e não se enganem, não são só as mulheres, as crianças e os homens também são atingidos por esta situação .




    E divulguem este tema, partilhem ...eu, graças a Deus, consegui até hoje evitar ( de vez em quando, ainda me passa um pensamento ou outro pela cabeça ) . Amo viver, mesmo com os problemas e as inúmeras preocupações que tenho.

    NOTA :


    Hoje o texto é muito grande,desculpem por isso, mas eu tive necessidade de falar deste tema que me é tão familiar .
    Beijinhos

    Fonte : internet 

    I.R. 



    Sem comentários:

    Enviar um comentário

    obrigada pelo comentário