Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Num dia qualquer

* Num dia qualquer
Sentado numa esplanada.
Um café na taça, colher e açúcar no pires.
Um cigarro entre dedos.
Um Jack Daniels servido sem gelo. Entre as fumaças dos bafos, e de perna cruzada, apoiada em um dos quatro pés da mesa.
Observo a floresta de betão, de folhas transparentes e ramagens de vários tons.
Os cavalos metálicos, de todas as cores e tamanhos, transportam obedientes os seus senhores, que de uma maneira animais são.
Estes animais piores que os selvagens, usam máscaras e trajes, falsas peles que decoram com paciência para se enganarem uns aos outros nesta floresta de betão.
Lobos em peles brancas.
Raposas aos de pelos ruivos.
Corvos aos de pelo mais escuro.
Há os que são ursos...
Também os há em piranhas e tubarões, mas esses atacam ao cheiro das presas fáceis.
Na verdade há-os em todas as espécies selvagem, com a particularidade de poderem usar essa segunda pele que os deferência dos que na verdade o são.

autor: Pedro Fernandes


quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Porque votar é um Direito, do qual não devemos abdicar .

Para quem , por alguma razão , não sabe em que sítio vota ( pessoas que mudaram de casa , de cidade , etc) aqui fica um link muito simples e útil : com o número de Cartão de Cidadão e a Data de Nascimento , dizem -nos logo , com toda a precisão , onde votamos.
Porque votar é um Direito, do qual não devemos abdicar .
https://www.recenseamento.mai.gov.pt/


Somos simplesmente Mulher...

MULHERES...
somos feitas como um belo cristal,
que necessita de cuidados para que com um simples toque,
não venham nos quebrar,
Somos um fogo que aquece a alma, quando tem carência,
Somos uma cachoeira quando perfurada a nossa fonte de sentimentos,
Somos um universo em uma única esfera,
Acima de tudo somos a imagem de um ser que ama
e quer ser amada de forma sutil e verdadeira,
agitadas, lentas, fortes, fracas,
elegantes , conquistadoras, lindas,delicadas,
somos seu universo feminino...

Somos simplesmente Mulher...

( autor: Ricardo Domingues Injepoint )








e ainda acerca de nós Mulheres,pesquisei acerca de cada tipo de corpo e qual tipo de vestuário nos fica bem....























*fonte: desconheço


SERENO

SERENO

Frente a sua profundeza serena e destemida
Sinto o rigor de seu abraço gélido e forte
Enfrenta-me com determinação e resistência
Aqui abandonado a sua margem não devo temer

Sou fraco, sou indigno de vossa companhia
Mas não sou tolo de subjugar vossa força
Diante de sua majestosa e longa sapiência
Anseio pelo belo ocaso em vossos braços

Leve minha existência, meu corpo e alma
Pagarei por coexistir com vossa ofensa
Não temo a morte morosa em suas entranhas

Conceda-me apenas o belo vislumbre eterno
Da poética criação desenhado ao horizonte
De horas infinitas junto a seu amor terno

Autor: Victor Vavalle Rossi

Qual deles és tu ?

"Uma rapariga queixou-se à sua avó sobre a sua vida e de como as coisas estavam tão difíceis para ela. Já não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar e combater. Parecia que assim que um problema estava resolvido um outro surgia.
A avó levou-a até à cozinha, encheu três panelas com água e colocou-as ao lume. Numa colocou cenouras, noutra colocou ovos e, na última, café em pó. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra.
Cerca de vinte minutos depois, apagou as bocas de gás e retirou as cenouras, depois os ovos e virou para uma chávena o café.
- "O que é que estás a ver?", perguntou a avó.
- "Cenouras, ovos e café," ela respondeu.
Pediu que a neta provasse as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Depois pediu-lhe que descascasse o ovo. Ela obedeceu e, depois de retirar a casca, verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, pediu-lhe que tomasse o café. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso.
- "O que isto significa, avó?"
Ela explicou que cada um deles tinha enfrentado a mesma adversidade, a fervura da água, mas que cada um reagira de maneira diferente:
- A cenoura entrara forte, firme e inflexível, mas depois de ter sido submetida à fervura, amoleceu e tornou-se frágil. Os ovos eram frágeis, tinham a casca fina e protegeram o líquido interior, mas depois de terem sido fervidos na água, o seu interior enrijeceu. O pó de café, contudo, era incomparável: depois de colocado na água fervente, ele mudou a água.
- "Qual deles és tu minha querida? Quando a adversidade bate à tua porta, como reages? És como a cenoura que parece forte, mas com a dor e a adversidade murchas, tornas-te frágil e perdes a tua força? Ou será que és como o ovo, que começa com um coração maleável, mas que depois de alguma perda ou deceção se torna mais duro, apesar de a casca parecer a mesma? Ou será que és como o pó de café, capaz de transformar a adversidade em algo melhor ainda do que ele próprio?
Somos nós os responsáveis pelas próprias decisões. Cabe-nos somente a nós decidir se a suposta crise irá ou não afetar o nosso rendimento profissional, os nossos relacionamentos pessoais, a nossa vida."


maltratar ou abandonar animais

Quem maltratar ou abandonar animais não pode voltar a tê-los durante cinco anos



Desde Outubro do ano passado, abandonar ou mal tratar animais de companhia é crime punido com prisão ou multa. Agora há penas acessórias.
O crime de maus tratos ou abandono de animais de companhia passou a ser punido com outras penas, além da prisão ou multa: quem lhes infligir dor ou sofrimento não vai poder ter animais durante cinco anos.
A lei publicada nesta quarta-feira em Diário da República lista um conjunto de penas acessórias para os crimes contra animais de companhia, tanto os maus tratos, como o abandono. Agora, quem tratar mal ou abandonar os animais domésticos passa a ficar privado do direito de ter animais num período que pode ir até cinco anos, e de participar em feiras, exposições ou concursos relacionados com este tema, por um máximo de três anos.
O encerramento de estabelecimentos relacionados com animais de companhia e a suspensão de permissões administrativas, como autorizações ou licenças relacionadas com animais de companhia, ambos por um período máximo de três anos, são outras penalizações previstas na nova componente da lei para os maus tratos ou abandono.
Os maus tratos "sem motivo legítimo", já eram penalizados com pena de prisão até um ano ou multa até 120 dias e, quando resultam na morte, na privação de "importante órgão ou membro" ou quando afectem de forma permanente a capacidade de movimento levam à prisão até dois anos ou multa até 240 dias.
Já o abandono dos animais por aqueles que têm o dever de guardar, vigiar ou dar assistência, ficando em risco a sua alimentação e outros cuidados, é punido com pena de prisão até seis meses ou multa até 60 dias.
A lei, aprovada na Assembleia da República a 22 de Julho, também inclui um ponto relacionado com a detenção de cães perigosos e aponta para a necessidade de ser entregue nas entidades competentes, como a junta de freguesia, o certificado de registo criminal, "constituindo indício de falta de idoneidade o facto de o detentor ter sido condenado" por crimes contra animais, ou outros, como homicídio por negligência, crime contra a integridade física ou a autodeterminação sexual, tráfico de pessoas ou de armas.
As pessoas que detectarem casos que possam constituir crime podem denunciá-los à GNR, através da linha SOS Ambiente e Território, ligando para o número azul 808 200 520, ou acendendo à página de Internet. Em Julho, a PSP lançou também a campanha "Maus tratos a animais são crime", para a qual criou um email (defesanimal@psp.pt) e um número de telefone 21POLICIA (217654242), para onde se podem fazer as mesmas denúncias ou pedir esclarecimentos.
Dados da GNR, recolhidos através do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), revelam que desde Outubro passado até Junho deste ano foram registadas 2239 denúncias de maus-tratos, numa média de cerca de oito por dia, foram instaurados 50 processos-crime (cerca de cinco por mês) e criadas 2240 contraordenações.



*fonte: PÚBLICO e LUSA 26/08/2015 - 13:47

dor nos seios

Os seios é uma zona do corpo muito delicada, e qualquer incómodo que sintamos nessa região, devemos ficar logo alerta. A dor e a comichão são sintomas comuns, mas são causados por diferente factores, e por isso, independentemente da possível causa, é muito importante consultar rapidamente um médico e fazer os exames adequados para descartar os problemas graves.


Dor e comichão nos seios podem ser sintomas leves ou transformar-se em algo muito grave, por isso é importante considerar as possíveis causas do problema, examinar os seios regularmente e procurar ajuda médica caso encontre alguma anomalia.
Possíveis causas de dor nos seios :
A dor nos seios pode aparecer antes ou durante o período menstrual, em resposta às mudanças hormonais que ocorrem durante este ciclo. Para esses casos uma boa opção é relaxar os seios fazendo uma massagem, usando óleo de prímula, pimenteira silvestre, maca peruana (ou andina), Angélica (também conhecida como Jacinto da Índia) ou a sálvia.

Outra razão para dores e comichão nos seios pode ser o período de lactação, devido a uma infecção conhecida como mastite. Trata-se da inflamação do tecido da mama, que costuma vir acompanhada de outros sintomas tais como a febre e o cansaço. Nesses casos o tratamento habitual inclui alguns antibióticos, ainda que também seja possível tratar de forma natural usando, por exemplo, uma infusão de tomilho que deve ser aplicada diretamente no mamilo.
Uma razão para que os seios doam, que não deve ser ignorada, é o cancro inflamatório de mama. Este tipo de cancro não é tão comum, mas quando ocorre vem acompanhado de sintomas como comichão, inflamação e dor, além de vermelhidão da região devido ao fato de que a mama se enche de líquido linfático. Neste caso o diagnóstico só pode ser dado por um especialista, assim como a indicação do tratamento mais adequado.
Possíveis causas de comichão nos seios :
A comichão nos seios normalmente acontece como uma reação alérgica aos componentes de produtos químicos como detergentes, desodorizantes, perfumes ou agentes químicos derivados de produtos que tenham algum contacto com a pele, por isso é muito importante considerar que tipo de produto pode estar a atuar sobre a pele e a causar reações alérgicas.
A falta de hidratação na pele dos seios é outra das causas pelas quais eles podem dar comichão. É importante nutrir essa parte da pele usando, por exemplo, óleo vegetal, creme hidratante ou manteiga de karité.
Essa comichão também é um dos primeiros sintomas que surgem com a gravidez. Costuma vir acompanhada de uma leve dor causada pelo aumento da irrigação de sangue na região, principalmente nos mamilos. É um sintoma que costuma diminuir à medida que o corpo vai assimilando as mudanças, mas enquanto não diminui é possível tratá-lo aplicando compressas de infusão de calêndula.
Se a comichão aparecer apenas numa parte ou em uma das mamas, a causa pode estar na própria glândula mamária ou nos tecidos conectados. É muito importante considerar outros sintomas como a dor, tumores ou nódulos, mudanças na forma da mama ou secreção de líquidos do mamilo, já que pode estar associado a uma infecção nos seios ou a fibro edemas, quistos benignos, ou um tumor de mama.
Finalmente, a comichão nos seios pode ocorrer por usar o sutiã muito apertado ou porque é feito de algum tipo de tecido que causa alergia na pele. Se tiver comichão nos seios e se já descartou as opções anteriores, é preciso verificar se o motivo é o tipo de sutiã que está usando.
Tratamento para dores e comichão nos seios :
O tratamento para esses problemas deve ser aplicado de acordo com sua causa. Se o problema estiver na pele, o ideal é hidratá-la para aliviar os sintomas. Se os sintomas estiverem relacionados a uma infecção ou um problema mais grave, é importante procurar um médico, já que provavelmente será necessário um tratamento farmacológico e/ou exames médicos profissionais.

*Fonte: melhorcomsaude.com/seus-seios-doem-ou-cocam-conheca-as-possiveis-causas

A propósito do cancro do colo do útero, LEIAM

A propósito do cancro do colo do útero, LEIAM, quem sabe será um alerta para alguém,sintomas que desconheciam,medos fundamentados.....mas o que interessa mesmo é diagnosticar a tempo
https://matildeferreira.co.uk/2015/09/29/sop-sindrome-de-ovarios-policisticos-a-doenca-silenciosa-de-mulheres-de-coragem/

um dia de cada vez