Pesquisar neste blogue

terça-feira, 19 de maio de 2015

Passaram três anos e estou farta de ti

Passaram três anos e estou farta de ti,
da maneira como abdicas de ser romântico, da forma como desistes de um amo-te quando te deitas, até do conteúdo vazio das nossas conversas quando nos sentamos à mesa e partilhamos o silêncio,
o amor quando nasce é para todos e é bom que saibas disso.
Passaram três anos e estou farta de mim,
de não conseguir fazer o que quero sem que tu estejas, de não ser capaz de dizer que não quando me pedes perdão, de ainda acreditar que um dia vais voltar a ser o homem que me conquistou um dia, de ainda esperar que numa manhã destas me acordes com um beijo e um abraço e me digas que a vida existe porque eu existo,
o amor quando nasce é para todos e é bom que saibas disso.
Passaram três anos e estou farta de tentar, de trabalhar como uma louca, de chegar a casa e ter de cozinhar, de tratar dos miúdos, lavar a roupa, a louça, e deitar-me sem que tu estejas, a tua cabeça noutro lado qualquer,
onde foi que ficámos?, onde foi que nos deixámos ficar?,
não me serve este mais ou menos que nunca me serviu, ouviste bem?, não me serve este mais ou menos que nunca me serviu,
o amor quando nasce é para todos e é bom que saibas disso.
Passaram três anos e estou farta de fugir,
é tempo de fazer, de actuar, por isso saí mais cedo, peguei nos miúdos e aqui estou, a minha mãe percebe-me e recebe-me em paz, o meu pai percebe-me e recebe-me em paz, há um amor sem condições entre nós, aqui vamos ser felizes, os miúdos vão ter saudades tuas mas sempre existem os fins de semana, sei que és um bom pai, sei que vais perceber, vais chorar mas não tanto como eu, mas vais perceber que tinha de ser, há momentos em que tem de ser,
o amor quando nasce é para todos e é bom que saibas disso.
Passaram três anos e estou farta de não te querer,
que dias são estes quando tu não estás?, que coisa é esta que tenho no centro do peito quando percebo a absoluta inutilidade dos meus braços se não podem abraçar-te?,
tento outras pessoas, juro que tento, invento que aguentarei, que tudo não passa de uma dependência absurda que vai passar, entretenho-me a disfarçar as lágrimas quando saio à noite,
para que serve a música se não for para te definir?,
imagino onde estás e com quem estás, ontem ligaste-me por causa dos miúdos e as lágrimas caíram, não sei se notaste e estou-me bem borrifando se percebeste ou não, só espero que os venhas buscar cedo e que peças perdão mais uma vez, desta vez vou perdoar-te e dizer-te que sim, vamos tentar outra vez, vamos tentar todas as vezes,
para que raios serve o orgulho se não te puder apertar?,
sou uma mulher nova e tenho saudades da nossa rotina, dos nossos espaços vazios e dos nossos silêncios,
o amor quando nasce é para todos e é bom que saibas disso.

Pedro Chagas Freitas, in Prometo falhar"


-O Pequeno Príncipe

É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou...

✿-✿-----------O Pequeno Príncipe


O RAIO DE LUZ

O RAIO DE LUZ
Quando o raio de luz
beijou a mão adormecida
sobre uma outra mão,
aqueceu os seus tecidos,
acordou-lhe os sentidos,
violou a frágil fronteira,
fez ranger a madeira,
sonhou mil girassóis,
tocaram lindos violinos,
parou o relógio da sala
e fez tombar os lençóis…

Depois,
os tecidos suavizaram,
os sentidos repousaram,
a fronteira recolheu,
a madeira cansada cedeu,
mil girassóis rodaram,
os violinos cessaram,
os ponteiros avançaram
e os lençóis ficaram no chão …

…e a mão adormecida sobre a mão,
num grito de glória e prazer,
apertou os dedos nos dedos
dizendo, sem nunca dizer,
que a luz não tem medos
nem tem segredos,
sempre que inunda o quarto
dando à luz o Amor,
fazendo-se, de si mesma, parto…

Vitor. C


Toda vez que precisar de mim grite

Toda vez que precisar de mim grite
meu nome ao vento ele me trará o
recado.
Quando precisar de mim ouça uma
música suave de olhos fechados.
Sempre que precisar de mim olhe
a lua e a luz abraçará você como eu
faria.
Se precisar de mim dance na chuva
água que correr em teu corpo serão
as lágrimas que choraria com você.
E se não houver vento, música, lua
ou chuva, faça uma oração e o meu
anjo se unirá ao seu, para lhe por no
colo e lhe dar conforto sempre que
você precisar de mim.

Victor Vaz

Tive uma educação católica

Tive uma educação católica e para mim foi importante as minhas filhas frequentarem a catequese,a mais velha,que já tem 13 anos está no 7º ano da catequese e a mais nova,com 9 anos,anda no 3º ano e vai,dia 24 de Maio fazer a 1ª comunhão...sinto me feliz e muito orgulhosa.Nem todos os pais fazem questão que os seus filhos "andem" na catequese,e há até quem não saiba exatamente o que é essa tal de Catequese. Pesquisei e esta foi a informação que recolhi:

Catequese é a parte principal do rito de iniciação cristã, em que a pessoa iniciada ouve o anúncio do Evangelho. Portanto, a catequese e as celebrações formam uma unidade no processo de iniciação a vida cristã. A pessoa é instruída para bem celebrar.
Enquanto o ensino dos livros é feito individual e silenciosamente, a catequese é feita com a presença de um instrutor. Variações da palavra catequese aparecem, na Bíblia, na Carta aos Gálatas 6.6, a palavra "catequizando" significando aquele que está sendo instruído na palavra de Deus. As histórias e as parábolas são uma forma de ensino tipicamente judaica, muito utilizada por Jesus para que o ouvinte pudesse entender e identificar-se com o conceito a ser transmitido. A catequese é, por isso, ministrada sob forma narrativa, através de histórias. A narrativa permite que o ouvinte partilhe com o narrador uma série de tradições culturais e morais que facilitam a compreensão da mensagem cristã.
Para além da narrativa oral, outras formas narrativas foram sendo utilizadas desde o período paleo cristão, de forma a que a Mensagem de Cristo fosse compreensível por todos. É o caso das imagens e da música, entre outras, cujo objectivo é não mais do que a ilustração do Cristianismo e transmissão da palavra.
Damos como exemplo destas formas narrativas de Catequese os vários frescos ou painéis de azulejos, que adornam inúmeras igrejas católicas, com cenas que ilustram o nascimento ou a paixão de Jesus Cristo; os hinos musicais compostos ao longo dos séculos para serem cantados no culto; a representação do Presépio, idealizada por S. Francisco de Assis e imensamente difundida actualmente; as representações teatrais de cenas da Bíblia, e muitas outras e variadas expressões artísticas.
Este tipo de ensino a catequese narrativa foi extremamente útil à evangelização de povos indígenas por missionários cristãos (nomeadamente jesuítas e franciscanos), como uma tentativa bem sucedida de suplantar dificuldades semânticas e incutir nas populações os valores morais e espirituais cristãos.
Uma catequese através de oficinas de arte: (música, dança, teatro, artes plásticas, poesia). Um trabalho realizado com o apoio de leigos e jesuítas. Uma catequese fundamentada na contação de histórias bíblicas. Este termo não é novo, tem sua inspiração na catequese mistagógica dos Padres da Igreja (santo Ambrósio de Milão, são Cirilo de Jerusalém e Tertuliano de Cartago).
Um outro tema é a arte presente na catacumba cristã, onde os traços são simples e trabalham basicamente com a simbologia bíblica do Velho e Novo Testamento.
A catequese é muito importante para converter e fortalecer a fé : como por exemplo, desperta nas crianças e jovens o desejo de seguir Jesus, acreditando na verdade e sabedoria de seus ensinamentos.
Quando se fala em catequese, muitos pensam na catequese que prepara as crianças à Primeira Eucaristia ou á Crisma.
Catequese é o ensinamento essencial da fé, não apenas da doutrina, como também na vida, levando a uma consciente e ativa participação do mistério litúrgico e irradiando uma ação apostólica.

Então a Catequese é:
· a missão primordial da Igreja, que nasce da fé e se desenvolve na catequese permanente;
· uma missão que enriquece a quem a desempenha. Quando catequizamos, nós somos os primeiros catequizados.
Resultado de imagem para catequese· um anúncio e serviço para procurar um vivo contato com Jesus Cristo, nas dimensões pessoal e comunitária para uma vivência cristã levando a um compromisso.

A CATEQUESE:
· leva a motivação para buscar o conhecimento do mistério de Cristo na sua profunda vivência de fraternidade e justiça;
· leva à uma iniciação na experiência religiosa, na oração e na vida sacramental;
· leva á uma iniciação no compromisso missionário da Igreja;
· leva ao crescimento da Igreja. A igreja do amanhã depende da catequese de hoje. Por isso, a catequese deve preocupar-se continuamente não só em levar conhecimento dos mistérios da fé, mas também abrir os corações à conversão e à adesão:
- a Jesus Cristo
- ao homem, herdeiro do Reino de Deus;
- à Igreja

Quando, então, podemos dizer que a catequese atinge o objetivo ?
1- Quando é uma caminhada de fé e não simples ensino .
2- Quando é um processo permanente numa catequese de adultos e não só para crianças e adolescentes ou tendo só em vista a preparação aos sacramentos.
3- Quando a comunidade é catequizada e catequizadora
4- Quando Jesus Cristo é o centro da catequese
5- Quando a Bíblia é a fonte da catequese.
6- Quando a catequese introduz na vida litúrgica, prepara para os sacramentos, dentro de uma caminhada contínua de comunidade.
7- Quando prepara o catequizando para assumir seu papel na sociedade como verdadeiro cristão.
8- Quando a catequese está presente nos costumes e nas festas do povo.
9- Quando entra no processo metodológico da interação “fé-vida”.
10- Quando há participação da catequese nas outras dimensões da ação pastoral da comunidade.
Resultado de imagem para catequese